Quem és tu no Japão?
Japão à distância da nossa mão

Japão à distância da nossa mão

@japão

Japão é um país no outro lado do mundo, na actual impossibilidade de o visitar fisicamente, é sempre possível visitar através da net sentados confortavelmente num dos lados do nosso sofá.

Devido à sua estreita relação entre modernidade e tradição, podemos ver em tempo real a famosa passadeira de Shibuya enquanto estamos na nossa casa.


Não é a mesma coisa, mas dá-nos uma ideia da variedade de coisas que este país tem para oferecer.
Baseado num artigo que saiu hoje na travelandleisure de Alisha Prakash, vou agora enumerar alguns dos links que nos transportam para o outro lado do mundo.


A JNTO- Japan National Tourism Organization criou um site para ver em telemóveis ou com óculos VR filmes imersos sobre várias áreas da cultura japonesa e locais icónicos.


São 16 filmes que nos põem, literalmente, no centro de uma experiência única, como lutar com um Rikishi (lutador de sumo), ou andar de rickshaw.

 


Japão ao vivo

 

É possível ver também alguns sites com diretos onde podemos observar, por exemplo, os macacos de Jigokudani (os famosos macacos nos Onsen) ou a famosa passadeira de Shibuya, que devido ao estado de emergência que o Japão também atravessa, está muito aquém das multidões diárias que a tornaram famosa.


Há também a opção de vermos o interior de um dos famosos neko cafe, que são cafeteiras com gatos, ou observar um par de cegonhas orientais ao vivo.


Temos que ter em atenção que devido à diferença horária de 8 horas é possível que alguns dos sites não estejam a transmitir nada ou não se veja muito movimento.

 


Passeios virtuais Orientais

 

Para quem gosta do ar livre e não pode sair de casa, pode passear através de alguns sites que nos levam para locais magníficos e épocas especiais. Permite-nos observar as cerejeiras em flor, um jardim japonês com mais de 400 anos, ou entrar numa gruta com 450 metros de comprimento.


Todos estes sites estão em japonês, mas é possível perceber através de icons o seu funcionamento.


Aproveitem e, como dizia um slogan publicitário do turismo de Portugal, vão para fora cá dentro, de casa (acrescentaria eu).

 

AUTOR: JORGE FERRAO


As beringelas são dos vegetais mais apreciados no Japão. Há muitas maneiras de as confecionar e apreciar. Se quiserem saber um pouco mais desta magnífica iguaria é só carregar no botão

31 MAIO 2021
SABER MAIS

Gyoza é uma entrada japonesa originária da China, que o Japão a transformou à sua maneira. Quem gosta de Gyoza deve carregar no saber mais.

25 MARÇO 2021
SABER MAIS

Sempre que vou a um restaurante japonês, penso "Dá-me Edamame" e a refeição começa logo bem. Edamame é mais do que um aperitivo, é um cimento social que solidifica relações inter-pessoais. Se quiseres saber do que estou a falar, lê o meu post.

09 MARÇO 2021
SABER MAIS

O Ramen era um prato, até há pouco tempo, desconhecido pela maioria dos portugueses. Tem tido uma crescente procura no ocidente. MAs como era no Oriente?

04 MARÇO 2021
SABER MAIS

Miso Shiru é uma sopa japonesa, que tal como o sushi, caracteriza a comida japonesa no seu geral. Mas é muito mais do miso.

18 FEVEREIRO 2021
SABER MAIS

O Kit kat no Japão tem uma oferta que promete, chegando a ter tido mais de 300 edições limitadas de diferentes sabores. Gosto mais de chocolate preto mas o Kit kat de match não fica atrás.

16 FEVEREIRO 2021
SABER MAIS

O pão, ou pan como se diz em japonês, foi levado pelos portugueses no séc XVI para o Japão, mas evolui de tal forma que, hoje é uma atracção para os olhos e para a boca.

11 FEVEREIRO 2021
SABER MAIS

As sobremesas no Japão também são de modas. Umas mais trendy que outras mas todas elas saborosas. Descobre aqui a que estava na moda quando fui lá pela última vez.

09 FEVEREIRO 2021
SABER MAIS

As bebidas no Japão não são só para beber, elas são para ver. Os japoneses gostam muito de coisas Kawaii e com o advento das redes sociais a partilha de fotos de comidas e bebidas cresceu brutalmente. Escolher uma bebida no Japão não é só pelo sabor mas também pelo aspecto. Afinal os olhos também bebem.

04 FEVEREIRO 2021
SABER MAIS