Quem és tu no Japão?
Japão sem cerimónias não tem tanta piada

Japão sem cerimónias não tem tanta piada

Chadô

Da primeira vez que fui ao Japão fui sem cerimónia nenhuma.

Decidi ir ao Japão, e fui sem nada marcado nem planos definidos. Sabia só a data de partida e a de chegada, e tinha comprado o JR Pass para 14 dias. Foi uma viagem magnífica. Eu descontraído e sem cerimónias, num país em que há uma razão, e até uma certa etiqueta, para tudo o que fazem.


Em Himeji, mais precisamente nos jardins Kôkô, ao lado do famoso castelo, fui a uma cerimónia do chá.

Primeiro facto curioso foi a rapariga que me vendeu o bilhete falar fluentemente português. Ela tinha vivido na Galiza, e vinha muito a Portugal. Estar no outro lado do mundo, e após duas semanas a ouvir falar outras línguas, ter uma conversa sobre o nosso país na nossa língua foi único. Foi como matar um pouco de saudades de casa, com uma completa estranha.


Depois fui fazer a cerimónia do chá que foi uma experiência de uma vida. A minha anfitriã era uma senhora na casa dos 80 anos que executava cada movimento com a graciosidade de uma menina de 20. O chá era matcha (chá verde em pó), e era acompanhado com um wagashi.


Depois de bebermos o chá, e comermos o wagashi (doce japonês), estivemos um pouco na conversa e a contemplar o maravilhoso jardim que se estendia perante os nossos olhos.


Foi delicioso e memorável. Diria que foi uma experiência matchless.

 


Chadô - Uma lição para quem tem falta de chá

Chadô é uma cerimónia de chá que encanta os japoneses desde há séculos, devido à sua simplicidade e rituais cheios de significado.
Apesar de o chá ter chegado ao Japão muito antes, e alguns monges terem gerado uns rituais de elaboração e bebida do chá chamado de Cha no yu, foi somente no século XVI que Sen no Rikyû definiu os princípios da cerimónia do chá, ficando conhecida como Chadô ou Sadô (caminho do chá). Os princípios são: Harmonia (和, wa), respeito (敬, kei), pureza (清, sei), e tranquilidade (寂, jaku) e são uma lição de vida para todos, principalmente para quem tem falta de chá.

 


Uma cerimónia do Chá em Lisboa é um aChadô

Recentemente tive a oportunidade de voltar a experimentar a cerimónia do chá em Lisboa.
Curiosamente foi na mesma fundação onde comecei a aprender japonês há mais de 25 anos: Fundação MOA (Motiki Okada).


Mudaram de lugar, mudaram as pessoas mas a missão mantêm-se: divulgar a cultura japonesa.


Kawai san foi muito prestável e simpático e executou a cerimónia com uma graciosidade que só anos de prática nos dão. O matcha era delicioso e suave.

Não sei se era por ser Biológico ou se foi a mestria de Kawai san que o suavizou.


Posso dizer que ter encontrado um local onde possa ter experimentado uma cerimónia do Chá, tão boa quanto a do Japão, em plena Lisboa foi um achado.

 

 

AUTOR: JORGE FERRAO


Com tantos entraves e condicionantes que tem vindo a acontecer neste últimos anos, não ir ao Japão já não é uma questão. Conheça quais as condições para poder finalmente realizar uma viagem de uma vida ou, se for o caso, redescobrir o Japão atual após o isolamento devido ao Covid-19.

11 SETEMBRO 2022
SABER MAIS

O Verão é a época do ano com mais tradições e matsuri no Japão e é também a melhor altura para passar cartão aos amigos e familiares.

26 AGOSTO 2022
SABER MAIS

Agora já podes FUJIR para o Japão, mas com algumas condições. Se quiseres saber quais são, lê o artigo.

15 JUNHO 2022
SABER MAIS

No japão há bonecos e mascotes para quase tudo, até para mandar vir chuva. Teruterubouzo é um boneco muito simples que não só controla o tempo como resiste à passagem do tempo.

08 ABRIL 2022
SABER MAIS

Iroha é o equivalente ao nosso ABC. É um pangrama que se transformou numa canção ou ladainha e que a maioria dos japoneses conhecem. O que a torna uma curiosidade para nós, ocidentais, é a sua utilização. Uma forma divertida de ordenar e memorizar um alfabeto.

31 JANEIRO 2022
SABER MAIS

Tawashi é uma pequena escova que existe há mais de um século no Japão e que tem uma história curiosa, por isso dizer que lavar com Tawashi é limpinho é pouco.

30 NOVEMBRO 2021
SABER MAIS

As beringelas são dos vegetais mais apreciados no Japão. Há muitas maneiras de as confecionar e apreciar. Se quiserem saber um pouco mais desta magnífica iguaria é só carregar no botão

31 MAIO 2021
SABER MAIS

Gyoza é uma entrada japonesa originária da China, que o Japão a transformou à sua maneira. Quem gosta de Gyoza deve carregar no saber mais.

25 MARÇO 2021
SABER MAIS

Sempre que vou a um restaurante japonês, penso "Dá-me Edamame" e a refeição começa logo bem. Edamame é mais do que um aperitivo, é um cimento social que solidifica relações inter-pessoais. Se quiseres saber do que estou a falar, lê o meu post.

09 MARÇO 2021
SABER MAIS